Direto da fonte

Desconstruindo Alan GreenspanJosé Scheinkman, economista brasileiro radicado na Universidade de Princeton, está entre os que esperavam o estouro da bolha imobiliária há quase quatro anos. "Mas não do tamanho que a crise mostra", ressalvou ontem, de Nova York. A contaminação do estouro está sendo muito maior do que qualquer teórico ou prático poderia imaginar. E, no atual cenário, não há como prever a proporção que ela ainda vai tomar. "É difícil fazer um diagnóstico, ainda que impreciso", pondera Scheinkman, conhecido pela cautela no exercício da futurologia.Culpados? Já em 2004, Scheinkman discordava de Alan Greenspan, quando o então presidente do Fed, descartava qualquer possibilidade de formação de uma bolha imobiliária no horizonte. "Ali, o problema no real estate (mercado de imóveis) se misturava com a difícil situação fiscal americana", lembra o brasileiro. Scheinkman é defensor de maior regulamentação dos mercados, linha ideologicamente contrária à de Greenspan, que tem (ou tinha?) a auto-regulação como verdade, em sintonia com o pensamento de George Bush. "Juntou-se uma situação delicada com um governo incompetente. E está aí o resultado." Não que a crise pudesse ser evitada. Mas sua magnitude, sim.Quadrilha fora de modaAo que tudo indica, os assaltantes que têm causado pânico nas sofisticadas lojas dos Jardins, em São Paulo, não seguem um rígido critério fashion. Além da Adidas, da loja de lingerie Mari.M e da esportista Volcom, chegou a vez da Rip Curl, foco de surfistas. Cerca de dez bandidos simplesmente jogaram um carro roubado contra a vitrine do estabelecimento. A festa foi tanta que as roupas sequer couberam no automóvel que quebrou a vitrine: muitas peças ficaram jogadas pela rua. Desconfia-se de que se trata de um único grupo. A Polícia Civil investiga. Credos diferentesUsineiros de Ribeirão Preto não estão gostando nada da idéia de a Petrobrás entrar como sócia da Unica, que reúne os empresários do setor. E comparam: seria o mesmo que o bispo Edir Macedo ingressar na CNBB.Maurílio Biagi Filho prefere acreditar que a Unica é que entrará na Petrobrás.Lula corporativo 1E a concorrente da Vale ataca. Cynthia Carroll, CEO da Anglo American, será recebida por Lula no dia 2.A moça vem anunciar os novos projetos na área de níquel e minério de ferro no País. E detalhar o Projeto Barro Alto, que começa a produzir em 2010.Picadinho de grampoNo olho do furacão, a Abin licita compra de... "fragmentadores de papel", a serem distribuídos pelas superintendências regionais e a sede.Fornecedores desses úteis aparelhinhos devem enviar suas propostas até amanhã.Lula corporativo 2No mesmo dia, Lula recebe Terry Gou. O capo da Fox Com anuncia a construção de um complexo industrial de US$ 100 milhões voltado para a nanotecnologia.Simplesmente RuthRuth Cardoso será homenageada pela Fiesp semana que vem. O Centro Cultural da entidade vai ganhar o nome da ex-primeira dama. Irmãos coragemDos oito brasileiros inscritos, cinco cancelaram presença em encontro do Conselho Empresarial da América Latina, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia.Machos mesmo, somente Roberto Caiubi Vidigal, Carlos Mariani e Roberto Teixeira da Costa.God save the LulaCom popularidade em alta, falar mal de Lula é jogar pedra na cruz. Que o diga ACM Neto. Imagens suas criticando Lula foram usadas por adversários na campanha de Salvador. O moço teve que ir à TV para dizer que "amadureceu" e que nunca mais criticará o presidente...Espeto de pauO Ibama acaba de multar um integrante do Conselho Nacional de Aqüicultura e Pesca, que mantinha ilegalmente em casa, em São Paulo, dois tigres d?água e duas araras. André Camargo foi autuado em R$ 12.200.Agora, peixe mesmo, não acharam nenhum. Vivo.Para PhelpsJá tem gaiato dizendo que nos jogos paraolímpicos o "cielo" não é o limite. Com nove medalhas, o nadador Daniel Dias está sendo tratado, em Pequim, como um Michael Phelps. Resta saber se, no Brasil, será tratado como César Cielo... Bééé Valdomiro Poliselli Júnior arrematou o carneiro mais caro da Austrália: US$ 30 mil. Da raça Dorper.De volta ao futuroApós envolver-se em uma briga de rua, o travesti Andréia Albertini - o do caso Ronaldo - foi parar (de novo) na delegacia. Rebatizada de "Mulher Berinjela", a agora "dançarina" aproveitou o barraco para promover o Funk do Ronaldinho, gravado em parceria com um certo MC Palito. Na frente Expert em artes plásticas, Heitor Reis, dirigente do MAM do Rio, debutou com o pé direito no cinema. Seu curta Antes do Café foi um dos oito selecionados - entre 240 inscritos - para exibição no Festival de Cinema do Rio. Lula vai dar uma força a Marta Suplicy sem sair de Brasília. Sanciona hoje, com pompa e circunstância, a Lei Geral do Turismo, menina dos olhos da ex-ministra. José de Abreu antecipou para hoje sua volta de Agra, onde estava gravando Caminho das Índias, a nova novela da Globo. Motivo: uma ameaça terrorista a aviões. Se estivesse vivo, o educador Paulo Freire completaria 87 anos na sexta-feira. Para celebrar a data, o escritor Marcius Cortez realizará, na Casa das Rosas, um debate sobre a obra do mestre. João Lara Mesquita abre hoje a série de bate-papos sobre o turismo e o desafio da sustentabilidade socioambiental, no Sesc Avenida Paulista. A Ogilvy completa 60 anos de fundação dia 23. E comemora com uma rolling party, que começa na Ásia e termina em São Francisco. Com passagem pelo Brasil. Pelé dá uma de crítico teatral. Ao sair do espetáculo Miss Saigon, semana passada, foi direto: na comparação com a montagem que viu em Nova York, a adaptação brasileira não perdeu nada.Não se faz mais lua-de-mel como antigamente. Um dia depois do casório, o marido de Sandy - o cantor Lucas Lima - correu para atualizar seu... blog. Teve fã indignado!Direto da fonteColaboraçãoSilvia Penteadosilvia.penteado@grupoestado.com.brDoris Bicudodoris.bicudo@grupoestado.com.brJulia Duailibijulia.duailibi@grupoestado.com.brPedro Venceslaupedro.venceslau@grupoestado.com.brProduçãoMarília Neustein e Elaine Friedenreich

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.