Direto da fonte

Cocar e ideologia tipo exportaçãoAo rastrear, nos bastidores, o passado do general Augusto Heleno, atual Comandante Militar da Amazônia, o Palácio do Planalto descobriu o óbvio: o general é PhD em matéria de reservas indígenas, demarcações e onguismo. Heleno viveu o bastidor dos governos Itamar e Collor e deixou registrado em documentos a certeza de que, em 1991, a reserva ianomâmi saiu, a toque de caixa, cedendo a chantagem do onguismo internacional. Se não fosse feita a demarcação, a ECO 92 não teria sido realizada no Rio.E é justamente isso que, ao que consta, incomoda, não apenas os militares, mas setores civis pensantes da Defesa e Itamaraty: as políticas brasileiras de meio ambiente e indígena estariam sendo moldadas lá fora. Essa preocupação foi levada ao presidente Lula, em uma conversa recente. Ele questionou sobre o que isso queria dizer exatamente. E ouviu: significa que, tanto em meio ambiente quanto na questão indígena o Brasil toma decisões mais preocupado em dar satisfação às críticas externas, do que em moldar uma política estratégica nacional.Vira-casacaHelio Costa e Aécio Neves, que andavam distantes, estão em lua-de-mel. Os dois têm se encontrado com bastante freqüência e discutido o calendário eleitoral de 2008 e 2010. Se depender do ministro, o PMDB embarca na grande aliança Aécio-Pimentel, em Belo Horizonte. Eco-mércioAbram Szajman e José Goldenberg, da Fecomércio, iniciam hoje uma série de reuniões com representantes da nata do grande varejo - C&A, Carrefour, Pão de Açúcar, Kalunga, Magazine Luiza.Objetivo? Buscar alternativas à poluição das sacolinhas de plástico. Ponte-aéreaComentava-se em leilão de cavalos andaluzes do empresário José Victor Oliva, no fim de semana, que outro grande criador, Eduardo Fischer, vai mudar parte de seu plantel de Boituva, no interior de São Paulo.Para onde? Paris...Da lógicaArthur Virgílio não perde a vez. Ontem, antes da sessão solene dos 120 Anos da Abolição no Senado, provocou Aloizio Mercadante: "Tenho certeza que se o PT fosse oposição na época, teria votado contra a abolição."A Kaiser contratou, sem pânico, Sabrina Sato, como moça-propaganda, incluindo até sua imagem em latas. Por valor expressivo.Palma de bananeiraSean Penn, que preside a edição do Festival de Cannes que começa hoje, foi um dos primeiros nomes cogitados para o papel principal de Blindness, que abre o evento. Ficou Mark Ruffalo. Dúvida cruel: será que essa coincidência vai ser positiva para o diretor Fernando Meirelles?Pergunta que não queria se calar, ontem, nos corredores do Congresso: a ministra do Meio Ambiente Marina Silva caiu de verde?Invasão yuanEm tempos de escassez mundial, um grupo de chineses está no Nordeste com o objetivo de comprar terras para cultivo de alimentos.Vale lembrar que o tamanho do apetite que demonstraram em sua última incursão ao País, tempos atrás, assustou o empresariado rural.Tamanho exatoA produção afirma que a fase é de seleção de elenco. Mas os amigos de Claudia Raia garantem que será ela a estrela de Cabaret, nova produção da Time For Fun. A atriz tem o perfil da personagem, eternizada no cinema por Liza Minnelli: belas pernas, corpo esguio e vozeirão. Ainda sem data de estréia, Cabaret deve ser a próxima atração do Teatro Abril.Salve simpatiaO Candeal, em Salvador, ficou intransitável no fim de semana. Equipe de uma grande produtora de cinema publicitário encheu o bairro para filmar a história de Carlinhos Brown, que esbanjou simpatia.O cliente? Da agência Africa.Impressão DigitalEugenio Staub Para quem estranhou a presença do empresário no anúncio da política industrial do governo, segunda-feira, no BNDES, vai a informação: ele é membro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial. O que achou do plano? "Ele foi muito bem feito, bem detalhado. É o melhor programa de política industrial em muitos anos e vai sim atrair mais investimentos." Destaca que é mérito do ministro Miguel Jorge, de Reginaldo Arcuri, da Abdi, e de Luciano Coutinho, do BNDES. Na FrenteDepois de vestir os oficiais de Tropa de Elite, Claudia Kopke assina os figurinos dos prisioneiros da ópera Fidelio. A estréia está marcada para amanhã, no Teatro Municipal do Rio.Nos bastidores do teatro musical, comenta-se que Rei Leão e Evita são as próximas produções que devem estrear em São Paulo.Antes de capitanear seu tradicional jantar beneficente no Museu Hermitage, em São Petesburgo, Luziah Hennessy - que é casada com Gil Hennessy, presidente e herdeiro do grupo Hennessy - chega amanhã por aqui. Apaixonada pelo Brasil, passa por São Paulo, Rio, Pantanal e Corumbau, no sul da Bahia. Dominguinhos já escolheu as três canções que vão abrir o Prêmio TIM, no fim do mês: Sete Menina, Gostoso Demais, Casa toda Azul. A edição da Verbo, evento de performance e instalações que ocorre anualmente em julho, na Galeria Vermelho, recebeu este ano mais de 300 projetos de artistas brasileiros e estrangeiros. Rodrigo Mendes, que preside um instituto que ensina arte para carentes, foi convidado, junto com André Esteves e Ricardo Marino, a integrar o Young Global Leaders, do World Economic Forum. Alegria no Palácio Eliseu. Aos 88 anos, Giorgio Remmert, avô da primeira-dama Carla Bruni, acaba de se casar. A escolhida? A italiana Carla Silvestri, vinte anos mais jovem que o noivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.