Diários do futuro

Que 1984 que nada, o Big Brother era pinto diante do que ainda estava por vir. Razão tinham os que, na alvorada do século 21, temiam que, no futuro, os diários pessoais não fossem mais facultativos nem secretos. No mundo digital total, TDW em inglês, eles serão obrigatórios para todos que estiverem com seus computadores conectados na rede mundial.Na luta contra o terrorismo, em nome da segurança nacional, o Congresso americano aprovará o uso do Disco Rígido Universal, UHD em inglês, onde, sob garantia de sigilo federal, FSG em inglês, os cidadãos aceitam que tudo que foi lido e escrito por todos seja registrado na grande central digital, GDC em inglês.Todos os e-mails recebidos e mandados, todas as contas pagas, ou atrasadas, os depósitos recebidos, os investimentos feitos, os cheques pagos, os devolvidos, as receitas médicas, as fotos de família, as nem tanto, os sites favoritos, as músicas mais ouvidas, os contatos, a agenda.Com as onipresentes câmeras de vigilância e a monitoração de telefones fora de qualquer controle desde 2010, e agora com os dados do UHD, o Estado poderá reconstituir em detalhes o cotidiano e refazer a trajetória de qualquer cidadão. Difícil será o acesso aos dados protegidos, que só serão fornecidos depois de julgados pela Autoridade Digital Nacional, NDA em inglês, um comitê formado por representantes do Estado e da sociedade, que avaliará a necessidade dessa quebra total de sigilos, TSD em inglês, para investigações relevantes.Isto nos Estados Unidos, porque diversos países da América Latina e da Ásia já usavam informalmente o UHD antes mesmo de ser aprovado pelos seus congressos de maioria governista. Uma grande arma para combater os inimigos do povo e apoiar os que verdadeiramente o amam e querem a sua emancipação, como os que estão no poder em sucessivos mandatos.Já a Europa reluta em aceitar o UHD. Porque a liberdade perderá para a segurança. A privacidade para a sobrevivência. O direito para o dever. O que seria um instrumento de libertação se tornará uma rede de opressão. Os diários do futuro começam a ser escritos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.