De Uns a Fina Estampa, várias Pontas da Estrela

Projeto que celebra os 40 anos de contrato de Caetano Veloso com a mesma gravadora cobre desta vez o período de 1983 a 1994 e inclui um CD de raridades

Lauro Lisboa Garcia, O Estadao de S.Paulo

17 de junho de 2009 | 00h00

Demorou, mas saiu a terceira das quatro caixas que celebram os 40 anos de contrato de Caetano Veloso com a gravadora Universal (que já foi CBD, Philips e Polygram). O projeto que tinha começado em 2006 sob a coordenação de Charles Gavin passou agora às mãos de Alice Soares e Rodrigo Faour. Como todos os álbuns de Caetano já tiveram várias edições em CD, o atrativo diferencial de 40 Anos Caetanos é a compilação de raridades que acompanha cada caixa. Ouça Preciso Aprender a Só Ser Esta terceira cobre o período de 1983 a 1994, em que Caetano realizou álbuns marcantes como Uns (83), Velô (84), ambos com nova mixagem, Caetano (1987), Estrangeiro (1989) e Circuladô (1991). Também se reuniu a Gilberto Gil para comemorar tardiamente os 25 anos de Tropicália, que acabou saindo no 26º aniversário do movimento, e os 50 anos de idade de cada um. Tropicália 2 reunia Olodum, Jimi Hendrix e Riachão, parcerias inéditas dos dois, reflexões sobre a miséria em forma de rap (Haiti), Cinema Novo, poesia concreta e um clássico instantâneo de Caetano: Desde Que o Samba É Samba.Uma vez tropicalista, sempre tropicalista. Nesse aspecto, esta fase de Caetano, até a imersão latina de Fina Estampa (1994), não difere das demais. Nos dois álbuns revisionistas que gravou quase todos só com voz e violão - Caetano Veloso e Totalmente Demais (ambos de 1986), o repertório mescla clássicos da canção americana, brasileira, portuguesa, argentina e britânica com composições autorais e reinterpretações de contemporâneos como Cazuza e Arnaldo Brandão.O Caetano de 1987 é o mais sombrio dessa fase, quando perdeu o pai e desfez o casamento com Dedé Gadelha. A morte e a separação se refletem na tristeza de José e Noite de Hotel, além da releitura de Fera Ferida (Roberto e Erasmo Carlos). Outros destaques são O Ciúme e as mais ensolarados Eu Sou Neguinha?, Depois do Ilê Passar e Vamo Comê, com Luiz Melodia.Outros climas envolvem Uns e Velô, claramente influenciados pela onda roqueira dos anos 80. No primeiro tem Cuba, Você É Linda, bossa nova, samba-enredo (É Hoje), mas também tem Eclipse Oculto e Marina Lima. Velô traz frevo e concretismo, uma nova e sensacional versão samba-reggae de Nine Out of Ten, protesto político (Podres Poderes), samba-rap (Língua, com Elza Soares), o ídolo Ritchie na viajante Shy Moon, a reflexiva O Homem Velho e a obra-prima O Quereres, recapitulada ao vivo em Totalmente Demais.Há força política também em Estrangeiro, que retoma referências tropicalistas e lembranças da infância, como na bela Genipapo Absoluto, canções em homenagem a suas duas mulheres (Dedé e Paula Lavigne) e Meia-Lua Inteira (Carlinhos Brown). Circuladô faz par com Estrangeiro, ambos produzidos por Arto Lindsay, em vários aspectos temáticos, com destaque para Fora da Ordem. A versão ao vivo, em álbum duplo de 1992, inclui interpretações pungentes para Jokerman (Bob Dylan) e Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos (que Roberto Carlos fez para ele em seu período de exílio).A compilação de raridades, Certeza da Beleza, não é tão interessante quanto às das duas caixas anteriores. Tem gravações que Caetano fez para trilhas de novelas - Isto Aqui o Que É (Ary Barroso), Preciso Aprender a Só Ser (Gilberto Gil), Cidade Maravilhosa (André Filho) -, cinema (Falou, Amizade), minissérie (Milagres do Povo), programa infantil (Acalanto, de Edu Lobo e Paulo César Pinheiro) e mais uma da série de novos frevos Asas da América (Noites Olindenses, de Carlos Fernando). As demais são duetos com Chico Buarque, Beto Guedes, Mestre Marçal, Luiz Caldas, Carlos Mendes, Péricles Cavalcanti, Telma Costa, entre outros. Anterior ao período de 1983-1994 é As Várias Pontas de Uma Estrela, parceria e dueto com Milton Nascimento, de1982, que não coube na caixa anterior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.