De repente, a Califórnia é aqui, no Frei Caneca

Fantasia sobre gays incorpora repertório da comédia romântica heterossexual e vira fenômeno de público

Crítica Luiz Carlos Merten, O Estadao de S.Paulo

10 de junho de 2009 | 00h00

Segunda-feira à noite no Unibanco Arteplex - a única sala cheia, entre as 9 que compõem o conjunto do Shopping Frei Caneca, é a que exibe De Repente, Califórnia. Durante todo o fim de semana, a fantasia de Jonah Markowitz foi exibida para uma sala lotada. O público é predominantemente masculino - há apenas uma mulher na sala 5.É o mesmo repertório das comédias românticas heterossexuais, só que, em vez de ?boy meets girl?, temos ?boy meets boy?. O protagonista é um anjo travestido de rapaz. É surfista, mas na abertura do filme o espectador o descobre rolando sobre seu skate. Grafiteiro, ele cuida do pai, do sobrinho, é o arrimo da irmã, que tem um filho, sem nunca ter tido vocação para mãe. O herói é demasiado ?comum?. Não tem muitos objetivos na vida - vai ?levando?, como se diz. Tem uma namorada, que vive pegando e largando. Surge esse ?outro?. O protagonista ganha tudo - um romance, um objetivo, uma carreira -, mas não é fácil (nunca é) sair do armário. O filme é sobre isso, e é uma fantasia sobre gente do bem. Até quem é contra não demora muito para vencer o próprio preconceito e descobrir que o que está acontecendo é o melhor para os heróis de De Repente, Califórnia.A plateia de entendidos ria das piadas, especialmente das que se referem às habilidades específicas de gays masculinos na satisfação das fantasias de seus parceiros. E dê-lhe praia, surfe, entardeceres poéticos. Há quase 20 anos, Ridley Scott fez história, mas também foi criticado por propor, em Thelma & Louise, um feminismo que não era outra coisa senão mulheres refazendo a trajetória de homens. Aqui, é o contrário. Se o par fosse hetero, De Repente nem seria levado em conta. Diálogos banais, estética do plano/contraplano. Mas vai dizer ao público do Frei Caneca. A plateia sai em êxtase. De repente, a Califórnia é aqui. ServiçoDe Repente, Califórnia (Shelter, EUA/2007, 97 min.) - Drama. 12 anos. Espaço Unibanco 1 - 18 h. Unibanco Arteplex 5 - 14 h, 16 h, 19h10, 21h20. Cotação: Regular

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.