Max Rossi/Reuters
Max Rossi/Reuters

Leonardo Da Vinci ganha sala exclusiva em museu de Florença

Espaço na Gallerie degli Uffizi reúne os quadros 'A Adoração dos Magos', 'A Anunciação' e 'O Batismo de Cristo'

ANSA

09 Julho 2018 | 14h33

As Gallerie degli Uffizi, principal museu renascentista do mundo e situadas em Florença, na Itália, abriram uma sala exclusiva para as três obras-primas de Leonardo da Vinci em seu acervo. O espaço foi inaugurado nesta segunda-feira, 9, pelo diretor das galerias, Eike Schmidt, que vem promovendo uma reorganização do museu para valorizar suas obras de arte.

++ Especialista descobre 'primeira obra' pictórica de Da Vinci, datada de 1471

Até o último domingo (8), os três quadros ficavam em salas separadas, no primeiro andar dos Uffizi. Os quadros em questão são A Adoração dos Magos (recentemente restaurado), A Anunciação e O Batismo de Cristo, feito em parceria com Andrea del Verrocchio. As paredes da sala foram pintadas de um tom de cinza suave, para exaltar a "plenitude da forma, tão típica do estilo de Leonardo", segundo Schmidt.

O espaço é vizinho a outra sala de "joias" das galerias, que reúne o Tondo Doni, de Michelangelo, e obras-primas de Rafael Sanzio. Recentemente, o museu já havia dedicado uma área a Caravaggio. O próximo passo, segundo o diretor, será a abertura das "salas venezianas", com obras de Tintoretto, Tiziano e Giorgione.

Além disso, em outubro, as Gallerie degli Uffizi darão início às celebrações pelo quinto centenário da morte de Da Vinci, com uma exposição do Codex Leicester, de propriedade de Bill Gates e que retornará à Itália depois de décadas de ausência.

Mais conteúdo sobre:
Itália [Europa] Leonardo da Vinci museu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.