Curta Canoa divulga nomes de vencedores

As produções cearenses Vida Maria, do gaúcho Márcio Ramos, e Amigo do Pobre Conhecido do Rico, de direção coletiva C3 (Encine), foram premiados como melhor filme e melhor vídeo no 3º Festival Latino-Americano de Curta-Metragem de Canoa Quebrada. Na Mostra Jaguaribana, Tião e Tiêta saiu como melhor filme. Esmir Filho, diretor do antológico Tapa na Pantera, levou o prêmio de melhor direção, por Saliva, e Marcelo Diaz, o de melhor roteiro, por Oficina Perdiz. Durante seis dias, o Pólo de Lazer da Praia de Canoa Quebrada transformou-se num imenso cinema a céu aberto. Foram exibidos 64 filmes, 38 deles em competição.

O Estadao de S.Paulo

03 Outubro 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.