Cultura fará pitching

Animação do título pode sair em 2009

Alline Dauroiz e Patrícia Villalba, O Estadao de S.Paulo

12 de dezembro de 2008 | 00h00

Projeto antigo da Cultura, o desenho animado do Castelo Rá- Tim-Bum pode sair do papel em 2009. Segundo o presidente da Fundação Padre Anchieta, Paulo Markun, a idéia é se associar a uma produtora independente e obter financiamento para a produção por meio do programa Anima SP, do Fundos de Financiamento da Indústria Cinematográfica Nacional (Funcine). Lançado na quinta-feira, o fundo pretende investir até R$ 50 milhões no fomento da indústria de animação do País."O desenho do (Castelo) Rá-Tim-Bum, com certeza, será um projeto que apresentaremos ao Funcine", disse Markun ao Estado. "Mas seremos sócios de alguém nessa empreitada."De acordo com o diretor de Programação e projetos Especiais da TV Rá Tim Bum, Mauro Garcia, a fundação quer fazer uma espécie de pitching, entre fevereiro e março, para escolher a produtora parceira.Até 2007, a produtora TV Pingüim estava no projeto. Mas, ao assumir, a nova direção da fundação reavaliou o acordo. Cocoricó, que em 2009 ganha duas temporadas em alta definição, também pode virar desenho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.