Cuentos Pequeños e poéticos

Casal de peruanos dá vida emocionante a seus bonecos

Beth Néspoli, O Estadao de S.Paulo

24 de julho de 2008 | 00h00

Aplausos em cena aberta. Várias vezes o público do Festival de Londrina (Filo)não se conteve sem bater palmas para o casal de peruanos Hugo Suarez e Ines Pasic durante apresentação de Cuentos Pequeños. Isso ocorreu na edição de 2005. Agora, três anos depois, eles voltam ao Brasil para apenas duas apresentações, hoje e amanhã, no Sesc Pompéia.No palco, vê-se um solitário banquinho. Hugo senta-se, levanta a perna da calça e coloca um nariz de palhaço no joelho dobrado. Em seguida ''veste'' uma camisa nas pernas e coloca os braços nas mangas. Pronto, está criado um simpático senhor careca. Ele coloca um chapéu à sua frente, toca com entusiasmo uma guitarrinha e um suposto passante lhe dá dinheiro. Mas ele se distrai um segundo e é roubado - por seu próprio manipulador. Intrigado, tenta em vão entender o que aconteceu. Desiste. Decide cantar novamente. Funciona. Ganha mais dinheiro, e de novo é roubado. O desfecho? Melhor não estragar a surpresa.Esse encantador espetáculo, Cuentos Pequeños, é feito assim, com bonecos que ganham incrível vida a partir de partes do corpo da dupla de atores e de dramaturgia enxuta, de sínteses poéticas , ora divertidas, ora comoventes.Numa das 15 cenas curtas, quase haicais, Ines usa a barriga para criar uma moça gorda e gulosa, que come sem parar e tem um verdadeiro ataque histérico ao pesar-se, quer ir à praia, tenta entrar num maiô, e faz ginástica.Animar um boneco ou objeto é bem mais do que simplesmente movimentá-lo. Hugo e Ines conseguem imprimir sentimentos a essas pequenas criaturas. Num desses ''cuentos'', o espectador acompanha a passagem do tempo sobre um personagem, da infância à velhice, noutro se encanta com uma criança que brinca. Pena serem só duas apresentações. Vale conferir. Serviço Cuentos Pequeños. 60 min. Livre. Sesc Pompéia - Teatro (344 lug.). Rua Clélia, 93, tel. 3871-7700. 5.ª e 6.ª, 21 h. Ingressos R$ 4 a R$ 16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.