Coronelismo visto a partir da história de uma família

Família e Coronelismo no BrasilAndré Heráclio do RêgoGirafa384 págs., R$ 48O diplomata e escritor André Heráclio do Rêgo analisa nesta obra as relações entre família e poder local, que configuram o fenômeno político do coronelismo, prática originária da Primeira República (1889-1930). Encarnada no proprietário rural, a elite mandava e desmandava do ponto de vista político e econômico. Para falar desse mandonismo que persiste, Heráclio do Rêgo transforma sua família em protagonista. Dá atenção especial ao seu tio-avô Francisco Heráclio do Rêgo, mais conhecido como coronel Chico Heráclio. Chico é personagem folclórico da história política pernambucana, famoso pelo poderio e pelo carisma. Família e Coronelismo no Brasil apresenta uma série de documentos e ampla iconografia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.