Cores E Espaços

VERSALHES: Cada segmento da mostra é caracterizado por uma cor. O do terceiro andar, a partir da obra de Perrault, tem suas paredes rosa do barroco francês e em referência ao Palácio de Versalhes, onde se instaurou a moda dos contos de fadas. Chama a atenção o lustre da Cinderela criado por Alzira Fragoso.ESPELHO: Para dividir o segundo piso entre os núcleos dos irmãos Grimm e de Andersen, o arquiteto Álvaro Razuk criou uma parede com um jogo de espelhos. De um lado, toma o espaço a cor verde para o segmento dos irmãos Grimm, já que "a floresta é o ponto de transformação de seus personagens", diz Katia; e do outro, está o branco e preto para o núcleo dedicado a Andersen.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.