Contracultura perde porta-voz John Mitchell

O escritor inglês John Mitchell, que teve grande projeção no movimento contracultural dos anos 1960, morreu aos 76 anos, de câncer, segundo anunciou no sábado seu filho Jason Goodwin. Lido na época pelos integrantes dos Rolling Stones, Mitchell ficou conhecido por livros esotéricos em que relacionava discos voadores e relíquias religiosas ao cálice sagrado. Ele chegou a levar alguns integrantes da banda inglesa a Stonehange ao que dizia ser um posto de observação para objetos voadores não-identificados. Mitchell escreveu sobre os mais variados assuntos, de Hitler a lugares místicos, passando por Shakespeare.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.