Reprodução Instagram
Reprodução Instagram

Confinado, Banksy faz arte no banheiro de casa e brinca com aprovação da mulher

'Minha mulher odeia quando trabalho em casa', escreveu o artista de rua britânico cuja identidade é desconhecida

Redação, O Estado de S. Paulo

17 de abril de 2020 | 07h31

Mais conhecido, porém misterioso, artista de rua britânico, Banksy está em casa, confinado como milhões de pessoas no mundo todo, por causa do coronavírus. Inquieto, usou seu próprio banheiro como muro e postou a foto de sua arte no Instagram com a seguinte frase: "Minha mulher odeia quando trabalho em casa".

A obra mostra seus conhecidos ratos, feitos em estêncil, correndo desordenadamente pelo banheiro e interagindo com os objetos: apertando a pasta de dente, desenrolando o papel higiênico, fazendo xixi na tampa da privada.

A identidade de Banksy continua um segredo. Acredita-se que ele viva em Bristol. Suas obras são vistas em diversos locais do Reino Unido, mas também em outros países. Em dezembro, por exemplo, na Cisjordânia, ele fez um presépio aos pés do muro construído por Israel. Também na Cisjordânia, em março, a estátua do macaco que fica na entrada do hotel que pertence ao artista apareceu usando máscara de proteção contra o coronavírus.

Algumas das obras de Banksy são vendidas em leilão e um de seus quadros arrecadou US$ 12 milhões em outubro - um recorde para um artista de rua.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.