Divulgação
Divulgação

Colômbia recebe exposição multissensorial das obras de Van Gogh

Mostra tem reinterpretações de quadros célebres como 'A Noite Estrelada' e 'Os Girassóis'

EFE

02 de maio de 2016 | 12h55

A exposição Van Gogh Alive: the experience, que permite ao público aproximar-se do pintor holandês através de atividades multissensoriais, estará na Colômbia a partir de 12 de maio, informam os promotores. 

O objetivo da mostra é possibilitar aos visitantes conhecer as obras de Van Gogh ali apresentadas num sistema de alta resolução que combina imagens em movimento com som envolvente e peças de grandes proporções que procuram redefinir uma experiência de museu, segundo comunicado dos organizadores. 

Van Gogh Alive foi montada com a tecnologia Sensory 4 num ambiente coberto de painéis, das paredes ao teto e chão e já foi reproduzida pelo museu de tecnologia Discovery Place, dos Estados Unidos.

“Mostrar as obras de Van Gogh nessas proporções gigantescas redefine o que é uma experiência de museu. Os visitantes podem esperar ser surpreendidos e levados ao esplendor em meio a essa vivência”, assegurou a presidente do Discovery Place, Catherine Wilson Home. 

A exposição será levada à Colômbia por meio da Tyrona Eventos, cujo gerente, Jorge Cambronero, assinalou que a mostra “desafia a forma tradicional de ver a arte” e oferece uma experiência multissensorial que permite ao espectador “submergir na obra e viver em suas paisagens”. 

A exposição estará em Medellín entre 12 de maio e 28 de junho. Na capital, Bogotá, ficará de 25 de julho a 24 de outubro. Em Cali, abre em 8 de novembro, ficando na cidade até 20 de dezembro. 

A mostra tem reinterpretações de quadros célebres como A Noite Estrelada e Os Girassóis. Já esteve em Florença, Pequim, Xangai, Tel-Aviv, Santiago do Chile, Milão e São Petersburgo, entre outras cidades. Foi criada pela empresa Grandes Exibições, que procura formas de aproximar as pessoas da cultura e conhecimento. 

A empresa também é responsável pelas mostras Os Impressionistas Franceses, de Monet a Cézanne, The Leonardo Da Vinci Collection, Planet Shark, Da Vinci Alive e 101 Inventos que Mudaram o Mundo. / TRADUÇÃO DE ROBERTO MUNIZ

 

Mais conteúdo sobre:
Van Gogh

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.