AFP
AFP

Coleção de arte cubista avaliada em mais de US$ 1 bi será exibida em NY

Exposição no Metropolitan Museum tem obras de Pablo Picasso, Georges Braque, Juan Fris e Fernand Léger

Reuters

15 de outubro de 2014 | 09h27

NOVA YORK - Uma exposição com objetos de arte cubistas avaliada em mais de US$ 1 bilhão será exposta no Metropolitan Museum de Nova York a partir do dia 20 de outubro.

A coleção de Leonard A. Lauder tem 81 peças, cobre o período de 1906 a 1924 com obras de artistas como Pablo Picasso, Georges Braque, Juan Fris e Fernand Léger, e traça o desenvolvimento do Cubismo.

“O movimento é a entrada para tudo que aconteceu na arte no século 20”, disse Lauder em uma coletiva de imprensa para anunciar a exposição. “Para mim, o Met é o maior museu do mundo.”

A coleção, que abrange o período de 1906 a 1924, contém trabalhos de artistas como Pablo Picasso, Georges Braque, Juan Gris e Fernand Léger, traçando o desenvolvimento do cubismo.

Lauder, de 81 anos, herdeiro da fortuna de cosméticos Estée Lauder, anunciou o presente para o museu em abril do ano passado. Ele disse que decidiu doar a coleção porque sentiu que é essencial que o cubismo e a arte que se seguiu, seja vista e estudada dentro do museu.

Desde o anúncio, ele adicionou três obras à coleção, incluindo a pintura Natureza Morta com Toalha de Mesa Xadrez, de Juan Gris.

O Met Museum também está abrindo um novo centro de pesquisas para arte moderno, que será sustentado por um fundo de US$ 22 milhões de associados e doadores, incluindo Lauder.

Ele disse que descobriu o Cubismo em 1976 e desde então começou a colecionar. “Eu fui atraído porque era interessante e complicado. Eu descobri que cada pintura tem uma pista”, diz.

O Cubismo rompeu com as tradições de perspectiva e ilusão na arte, pavimentando o caminho para formas mais extremas de abstração em movimentos que o seguiram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.