COI adia acordo

Globosat Record: Canais querem dividir eventos olímpicos

Keila Jimenez, O Estadao de S.Paulo

22 de setembro de 2008 | 00h00

Record e canais Globosat realmente engataram um namoro. Mas casar, casar mesmo, só em abril. É fato que os canais de esporte da Globosat estão interessados em transmitir os Jogos de Inverno de Vancouver (2010), o Pan da Cidade do México (2011) e da Olimpíada de Londres (2012), cujos direitos pertencem atualmente à Record. No entanto, esse acerto só poderá ser finalizado, se for, no fim do primeiro trimestre de 2009, obedecendo a prazos estabelecidos pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para o encaixe de patrocinadores e anunciantes internacionais dos eventos. Mesmo tendo de obedecer à tal agenda olímpica, as conversas prosseguem. O diretor-geral da Globosat, Alberto Pecegueiro, mantém negociação com o diretor de Esportes da Record, Eduardo Zebini.Em um desses papos, o futebol - canais como o SporTV têm direitos de transmissão de vários campeonatos da modalidade - já apareceu como moeda da troca da Globosat, além de uma boa quantia em dinheiro, é claro.Já com a TV aberta do grupo, no caso, a Globo, não existe conversa. A Record não abre mão da exclusividade dos eventos nessa seara.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.