Chefão 2, impecável aula de cinema pelo gênio de Coppola

Recente pesquisa na internet apontou O Poderoso Chefão, de 1972, como o melhor filme de todos os tempos e isso foi amplamente divulgado durante a Mostra, quando a versão restaurada do clássico de Francis Ford Coppola ganhou uma exibição superespecial. A trilogia inteira, restaurada pelo autor, saiu numa caixa de DVDs, com quatro discos - três ocupados pelos filmes e outro só de extras -, que se encontra nas lojas. Mas você pode (re)ver o segundo filme, de 1974, hoje na TV paga.O Poderoso Chefão 2 é a atração do Telecine Cult, às 23h50. Se o primeiro venceu o Oscar de melhor filme, o segundo ganhou os de filme e direção, entre outros. Há controvérsia, mas não quanto à qualidade, pois os críticos, ao contrário dos votantes da internet, tendem a apontar O Poderoso Chefão 2 como o melhor da série.Sua narrativa se desenvolve em duas épocas. No passado, relatando como Vito Corleone, agora interpretado por Robert De Niro, virou chefão mafioso. No presente, acompanhando os esforços de Michael (Al Pacino) para manter a unidade do império que herdou do pai. A grande cena situa-se em Cuba, quando os chefões se reúnem para fatiar um bolo com a forma da ilha, uma farra que a revolução vitoriosa de Fidel Castro encerrou em 1959.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.