Casa de Agatha Christie aberta ao público

A casa de campo da escritora Agatha Christie (1890-1976), onde a rainha do crime entretinha seus amigos com suas histórias, será reaberta ao público no fim de semana, após anos de restauração. A casa Greenway, localizada em Devon (sudoeste da Inglaterra), estava em péssimo estado de conservação quando o National Trust (patrimônio nacional) decidiu restaurá-la em 2005. A obra custou 6,4 milhões e 10 mil horas de trabalho de voluntários. Nos verões, a autora de Morte no Nilo costumava reunir familiares e amigos na casa de campo, geralmente para celebrar o fim de um novo livro prestes a ser publicado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.