Capitu em cartaz

Cidade Limpa Infração: Globo promete retirar lambe-lambes

Alline Dauroiz, O Estadao de S.Paulo

03 de dezembro de 2008 | 00h00

Cartazes anunciando a minissérie Capitu, que estréia na Globo no próximo dia 9, foram vistos em locais públicos de São Paulo, o que, pela Lei Cidade Limpa, em vigor desde janeiro de 2007, é proibido. Em um dos anúncios, localizado em um muro na Avenida Corifeu de Azevedo Marques, no bairro do Butantã, lê-se apenas a frase: "Capitu, estréia dia 9/12".A Secretaria de Subprefeituras informou ao Estado que os cartazes serão retirados por seus fiscais em todos os lugares onde forem localizados.A Globo nega autoria sobre a ação de marketing. Segundo a Central Globo de Comunicação (CGCom), "a emissora foi surpreendida pela denúncia", mas reconhece que "como envolve uma produção da casa", irá providenciar a contratação de uma equipe de limpeza para fazer a retirada dos lambe-lambes.Pela lei, a multa mínima por cada painel publicitário irregular é de R$ 10 mil para o anunciante, para a empresa de publicidade e/ou gráfica e para o dono do terreno que permitiu a colagem.A divulgação oficial de Capitu pela Globo incluiu a distribuição de DVDs promocionais e leitura coletiva de Dom Casmurro na web.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.