Cantor da banda já foi perseguido por fã obsessivo

CIDADÃO DO MUNDO: O líder do Muse, o britânico James Matthew Bellamy, lembra uma mistura do cantor Biafra com o ratinho Ratatouille. O pai de Bellamy, George, foi guitarrista de uma famosa banda dos anos 60, The Tornados, o primeiro grupo inglês a ocupar o primeiro lugar das paradas norte-americanas com um sucesso, Telstar.Matt Bellamy completou 30 anos no dia 9 de junho, e celebrizou-se não só pelo falsete, mas também pela capacidade de causar certa atração dos fãs. Atração nem sempre saudável.Em abril deste ano, ele chegou a reclamar publicamente da obsessão de um fã irlandês, que o localizou em sua casa à beira do Lago de Como, na Itália, e passou a persegui-lo implacavelmente. O sujeito deixava em sua casa sacos com coisas estranhas dentro, como garrafas vazias com mensagens.Ontem, falando ao Estado, Bellamy disse que divide sua vida atual em duas casas: no Lago de Como e na cidadezinha de Teignmouth, Devon, onde nasceu sua banda - ele nasceu em Cambridge. "Minha namorada vive na Itália, é um lugar muito belo, com uma história clássica, bonita. Em Devon, vivo na casa que foi da minha avó. É legal estar em lugares que ficam distantes do mundo consagrado pelo rock system", ele confidenciou.A cidade natal do grupo Muse, Teignmouth, chegou a discutir este ano a possibilidade de fazer uma estátua para o trio musical. Mas desistiu. Bellamy acha que os vereadores locais ficaram com medo do estigma do rock?n?roll.

Jotabê Medeiros, O Estadao de S.Paulo

31 de julho de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.