MARCOS ARCOVERDE/ESTADÃO
MARCOS ARCOVERDE/ESTADÃO

Caetano Veloso e Fernanda Montenegro participam de campanha 'contra censura e difamação'

Vídeo vai ao ar no mesmo dia em que manifestantes conservadores fizeram ato ' contra pedofilia e ideologia de gênero' na Avenida Paulista

Leandro Nunes, O Estado de S.Paulo

08 Outubro 2017 | 19h34

Artistas, curadores e intelectuais vão divulgar neste domingo, 8, a campanha '#342Artes - Contra Censura e Difamação' nas redes sociais.

A iniciativa que tem participação de nomes como Caetano Veloso e Fernanda Montenegro surgiu após o recente cancelamento da exposição Queermuseu, em Porto Alegre, e dos protestos contra a performance La Bête, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM).

No sábado, 7, foi divulgado um vídeo em que Fernanda pede que os políticos honestos "saiam desse silêncio acovardado". "Porque nem a pele de vocês vai se salvar", afirmou.

Outras duas manifestações também estavam marcadas para este domingo, 8. A primeira, organizada pela  Frente Única da Cultura e 'Contra os ataques à liberdade artística no MAM', seria realizada na frente do Museu de Arte Moderna de São Paulo, mas os manifestantes não foram localizados. 

Cerca de 30 pessoas ligadas ao movimento Direita São Paulo, fizeram um ato "contra a pedofilia e ideologia de gênero' em frente ao Banco Safra, na Avenida Paulista, em torno das 15h.

 

Mais conteúdo sobre:
Caetano Veloso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.