Cada um com seu cinema e o público com o de todos

Para comemorar seus 60 anos, o Festival de Cannes encomendou a diretores de todo o mundo, no ano passado, pequenos filmes que ilustrassem sua relação com o cinema. O resultado, Cada Um Com Seu Cinema, é o atraente programa de hoje na TV paga. Passa às 22 horas no Telecine Cult.Algumas das maiores grifes de autor do mundo assinam essas histórias. Manoel de Oliveira, os irmãos Dardenne e os Coen, Olivier Assayas, David Cronenberg, Zhang Yimou, Walter Salles, Alejandro Iñárritu etc. O caso do diretor brasileiro é especial. Salles apresentou uma história integrada ao conjunto - os repentistas Castanha e Caju fazem uma improvisação para saudar o maior evento de cinema do mundo - e outra que o diretor-geral de Cannes, Gilles Jacob, fez questão de exibir isoladamente. Nesta, Salles registra a primeira sessão de cinema de seu filho bebê, a quem mostra a cena do globo do clássico O Grande Ditador, de Charles Chaplin.No total, são 33 curtas de três minutos cada um, assinados por 35 diretores (existem as duplas). Outro dos mais simples e belos é o do chinês Yimou, sobre este menino que, no interior da China, acompanha a montagem de um cinema ao ar livre. O que ocorre na hora da projeção toca o encantamento.

Luiz Carlos Merten, O Estadao de S.Paulo

24 de outubro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.