AP
AP

Busto de Rodin é roubado em museu de Copenhague

'O Homem do Nariz Quebrado' foi levado em plena luz do dia

Redação, EFE

20 de agosto de 2015 | 19h30

Dois indivíduos que se passavam por turistas roubaram, em plena luz do dia, um busto de bronze do escultor francês Auguste Rodin do museu Gliptoteca de Copenhague, informou nesta quinta-feira a Polícia da Dinamarca. Trata-se de uma das versões de O Homem do Nariz Quebrado, modeladas por Rodin, de 1863 e avaliada em dois milhões de coroas dinamarquesas (cerca de 268 mil euros).

O roubo aconteceu no dia 16 de julho, mas só foi noticiado nesta quinta-feira, 20.

Segundo a versão da Polícia, dois indivíduos "com traços da Europa do Leste" entraram no museu e se dirigiram à sala dedicada ao escultor francês e 12 minutos depois saíram de lá com a obra escondida em uma bolsa.

A Polícia enviou uma descrição dos dois suspeitos e uma foto feita por uma câmera de segurança.

"É horrível, perdemos uma obra importante de nossa coleção", afirmou Flemming Friborg, diretor do museu, ao jornal Politiken.

Tudo o que sabemos sobre:
CulturaVisuais. RodinDinamarca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.