Brasil é escolhido para a première de Flight 666

Documentário lançado no Cine Odeon traz bastidores da ambiciosa turnê

Marco Bezzi, O Estadao de S.Paulo

17 Março 2009 | 00h00

O centro do Rio transformou-se por algumas horas no epicentro nervoso do heavy metal. Na tarde de sábado, os seis integrantes do Iron Maiden, mais os diretores Sam Dunn e Scot McFadyen, se reuniram com as centenas de headbangers no Cine Odeon para a première mundial do documentário Flight 666. O Brasil foi o escolhido para o evento, pois é uma das estrelas do longa de pouco mais de hora e meia. "Nomes como Neil Young e Rolling Stones já foram retratados no cinema diversas vezes. Estava na hora de bandas de heavy metal terem seu merecido espaço nesse meio", falou Sam Dunn, pouco antes da exibição do filme. O diretor do esperto documentário Metal: A Headbanger?s Journey foi o escolhido para viajar por cinco continentes em seis semanas a bordo do Ed Force One, um 757 remodelado onde banda, equipe e toneladas de equipamentos viajam juntas. A ambiciosa turnê ainda tem o vocalista Bruce Dickinson como piloto da aeronave. "Muitas pessoas me perguntam se confio no piloto Bruce Dickinson", argumentou o baterista Nicko McBrain, logo após a exibição de Flight 666. "Eu confio a minha vida a ele." O documentário traz de maneira ágil a primeira parte da turnê Somewhere Back in Time. Imagens de bastidores são intercaladas com apresentações ao vivo em diversos países entre fevereiro e março de 2008. O filme, gravado em alta definição, com som 5.1 surround, estreia nos cinemas de todo mundo no dia 21 de abril. Antes, porém, na tarde de sábado, as calçadas do Cine Odeon foram tomadas por metaleiros e curiosos. O grupo chegou em uma van, posou para algumas fotos e falou rapidamente com a imprensa. Dentro do cinema, se acomodaram no balcão e assistiram pela primeira vez o recorte das semanas de turnê. O projeto, ambicioso, leva o espectador para Mumbai, em seu início - onde Steve Harris e parte da equipe contraíram infecção estomacal. Depois, passa por Austrália, Japão, Estados Unidos Canadá e América Latina. Traz a intimidade da banda como nunca foi vista. Nicko jogando golfe, Adrian Smith praticando tênis com o vencedor de Wimbledon Pat Cash e Steve Harris jogando futebol em São Paulo. O jornalista viajou a convite da EMI Music

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.