Brando, num monólogo que fez história

Pode ser mera coincidência, mas amanhã se completam 85 anos do nascimento de Marlon Brando - ele morreu em 2004, aos 80 anos. A data não passará em branco, pois o Telecine Cult exibe, logo após O Segredo da Porta Fechada (leia ao lado), o cult Último Tango em Paris, de Bernardo Bertolucci, às 22 horas. Brando faz o norte-americano em Paris que se envolve com jovem desconhecida. Ela suporta sua violência sexual, mas teme estabelecer vínculos afetivos. O filme ficou famoso por sua cena de sexo anal - chegou a ser proibido pela censura do regime militar -, mas tem muito mais a oferecer. A atuação do astro é espetacular e o monólogo junto ao corpo da ex-mulher, que morreu, é um momento raro de antologia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.