Bilhete com conselho de Albert Einstein sobre a vida é leiloado por US$ 1,3 milhão

Bilhete com conselho de Albert Einstein sobre a vida é leiloado por US$ 1,3 milhão

Sem dinheiro para dar gorjeta em um hotel de Tóquio, o físico deu ao carregador de malas a nota manuscrita

Reuters

25 Outubro 2017 | 18h38

JERUSALÉM - Com dinheiro curto em um hotel de Tóquio, Albert Einstein escreveu sua visão sobre a vida em uma nota e a entregou ao carregador de malas em vez de lhe dar uma gorjeta – e a fórmula do físico para uma vida feliz rendeu US$ 1,3 milhão na última terça-feira, 24, informou uma casa de leilões de Jerusalém.

Em 1922, Einstein estava a caminho do Japão quando foi anunciado que ele receberia o Prêmio Nobel de Física de 1921, disse a Winner’s Auctions and Exhibitions.

Ao chegar à capital japonesa, ele se fechou no quarto de hotel tentando colocar seus pensamentos no papel.

Quando um atendente foi ao seu quarto fazer uma entrega, Einstein se descobriu sem dinheiro para dar uma gorjeta.

Em vez disso, ele lhe entregou uma nota manuscrita com uma frase escrita em alemão: “Uma vida calma e humilde trará mais felicidade do que a busca do sucesso e o desassossego constante que vem com ela”.

De acordo com a casa de leilões, Einstein recomendou ao funcionário que guardasse a nota, dizendo que um dia seu valor superaria o de uma gorjeta padrão.

Quase 100 anos depois, o sobrinho do carregador de malas provou que Einstein tinha razão ao fazer contato com os leiloeiros para colocar o bilhete à venda. A identidade do comprador virtual não foi revelada.

Mais conteúdo sobre:
Albert Einstein

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.