Ansa
Ansa

Bienal de Veneza nomeia novo curador para a edição de 2019

O crítico Ralph Rugoff foi indicado pelo presidente da Bienal, Paolo Baratta, para a 58.ª mostra, que vai ocorrer entre 11 de maio e 24 de novembro de 2019

Ansa

15 Dezembro 2017 | 19h37

O conselho diretor da Bienal de Arte de Veneza anunciou na sexta-feira, 15, que Ralph Rugoff será o curador da 58.ª edição da Exposição Internacional de Arte, que ocorre em 2019.

A nomeação do novo curador foi feita sob a indicação do presidente da Bienal, Paolo Baratta, que destacou a competição do escolhido.

"A missão para Ralph Rugoff confirma a intenção da Bienal de qualificar a mostra como um local de encontro entre os visitantes, a arte e os artistas. Uma mostra que coloque os visitantes únicos em um confronto direto com as obras na qual a memória, o inesperado, a eventual provocação, o novo e o diferente possam chamar a atenção, a visão, a mente e a emoção de quem observa", destacou Baratta.

Nascido em Nova York em 1957, Rugoff é diretor da Hayward Gallery, de Londres, desde 2006, sendo o responsável por uma das mais importantes galerias de arte do Reino Unido. Ele é um escritor prolífico sobre arte para numerosas publicações, Rugoff foi também diretor artístico da 13.ª Bienal de Lyon, em 2015. Antes do Hayward, passou seis anos como diretor do Instituto CCA Wattis, no Colégio das Artes da Califórnia em São Francisco . Antes de ingressar no CCA, ele havia sido curador independente desde o início da década de 1990.

+++ Bienal de São Paulo anuncia participação oficinal na Mostra Internacional de Arquitetura de Veneza

Ele iniciou sua carreira como crítico e especialista, sendo que, entre 1985 e 2002, escreveu vários artigos sobre o tema para jornais importantes dos Estados Unidos, como o Financial Times.

A Bienal de Arte de Veneza de 2019 ocorrerá entre os dias 11 de maio e 24 de novembro. 

Mais conteúdo sobre:
Bienal de Veneza

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.