Clayton de Souza/ Estadão
Clayton de Souza/ Estadão

Bienal de São Paulo desembarcará em Portugal com obras de 14 artistas

As obras serão expostas no Museu Serralves de Porto, uma das referências da arte contemporânea portuguesa

AFP

23 de junho de 2017 | 11h02

A 32ª Bienal de São Paulo desembarcará em Porto no dia 30 de junho com uma seleção de obras de 14 artistas que têm como característica comum a arte contemporânea.

As obras serão expostas no Museu Serralves de Porto, uma das referências da arte contemporânea portuguesa.

Além disso, vários jovens arquitetos de Porto desenharam cinco pavilhões que serão instalados no Parque Serralves para hospedar diferentes obras também pertencentes à Bienal de São Paulo.

A exposição programada foi idealizada pelo curador da bienal, Jochen Volz, e pelo diretor adjunto do Museu Serralves João Ribas.

A mostra, que permanecerá aberta ao público até 1 de outubro, terá como título "Incerteza viva: uma exposição a partir da 32ª Bienal de São Paulo ".

Os artistas que estarão presentes com suas obras na exposição serão Gabriel Abrantes, Jonathan de Andrade, Sonia Andrade, Cecilia Bengolea, Jeremy Deller, Alicia Barney, Lourdes Castro, Oyvind Fahlstrom, Priscila Fernandes, Carla Filipe, Leon Hirszman, Grada Kilomba, Lais Myrrha, Bárbara Wagner e Benjamin de Burca.

Esta Bienal é a segunda mais antiga do mundo, após a de Veneza, e uma das referências mais influentes da arte contemporânea na América Latina.

Desde sua primeira edição em 1951, já acolheu 67 mil obras e um total de 14 mil artistas de 160 países. EFE

 

Mais conteúdo sobre:
Bienal de São PauloArte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.