Jacob King/PA via AP
Jacob King/PA via AP

Banksy cria camiseta para ajudar réus que derrubaram estátua em Bristol

Filas surgiram em frente às lojas que disponibilizaram as roupas; manifestantes irão a julgamento pelos danos causados à homenagem feita para Edward Colston, traficante de escravos do século 17

AP, Agência

11 de dezembro de 2021 | 18h50

Centenas de pessoas formaram filas na cidade inglesa de Bristol para adquirir o mais recente trabalho do artista de rua Banksy, uma camiseta criada para ajudar os quatro réus indiciados por derrubar uma estátua local de um traficante de escravos.

A camiseta cinza conta com a palavra Bristol acima do plinto vazio em que a estátua do mercador de escravos do século 17 Edward Colston figurou por bastante tempo, com uma corda pendurada e detritos espalhados à volta.

Manifestantes anti-racismo derrubaram a estátua no porto de Bristol em junho de 2020 durante protestos globais motivados pelo assassinado de um homem negro nos Estados Unidos, George Floyd, pela polícia. 

Quatro pessoas foram indiciadas por dano criminal pela queda da estátua e irão a julgamento na semana que vem. "Eu fiz algumas camisetas de souvenir para marcar a ocasião", disse Banksy em rede social na sexta-feira, 10. "Disponível em vários outlets na cidade a partir de amanhã. Todos os rendimentos irão para os réus, assim eles podem ir tomar uma cerveja".

Banksy disse que as camisetas custam 25 libras (o equivalente a cerca de R$ 186) e estão limitadas a uma unidade por cliente.

A identidade de Banksy nunca foi confirmada, mas ele começou sua carreira pintando paredes e pontes com spray em Bristol, uma cidade portuária no sudoeste da Inglaterra. Alguns de seus trabalhos foram vendidos por milhões de dólares em leilão.

Colston fez fortuna transportando africanos escravizados através do Atlântico para as Américas em navios baseados em Bristol. Ele foi um grande benfeitor para Bristol, com ruas e instituições nomeadas em sua homenagem. Algumas delas foram renomeadas desde que a queda da estátua despertou um debate sobre racismo e comemoração histórica. 

As autoridades de Colson 'pescaram' a estátua de Colston para fora do porto e disseram que ela será colocada em um museu, junto a cartazes do movimento Black Lives Matter.

Tudo o que sabemos sobre:
Banksyracismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.