Band x Gamecorp

Parceria não atingiu metade do prazo

Julia Contier e Thaís Pinheiro, O Estadao de S.Paulo

11 de julho de 2008 | 00h00

A parceria entre o grupo Bandeirantes e a GameCorp, responsável pelo canal Play TV, não atingiu nem metade dos cinco anos previstos em contrato pelas duas partes. Desde segunda-feira, o espaço da Rede 21 voltou a ser ocupado por produções da Band, e não mais da GameCorp, produtora que tem Fábio Lula da Silva, filho do presidente Lula, entre seus sócios.Segundo o vice-presidente da Band Frederico Nogueira, a emissora possuía um contrato com a Play TV que permitia avaliações anuais e a desistência foi anunciada no final de 2007. ''O contrato viabilizava que uma das partes desistisse da parceria. No final do ano passado, vimos que não seria mais interessante manter a Play TV no ar, pois os índices de receita não estavam bons. Faltava anunciante.''''Foi tudo feito de acordo com os trâmites contratuais'', rebate a Play TV. ''Estávamos negociando até o último momento porque acreditávamos na prorrogação do contrato, mas a Band resolveu encerrar''. Ainda segundo a PlayTV, o contrato teria 10 anos de duração e o conteúdo da emissora continua a ser produzido para o portal www.joost.com.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.