Autobiografia complica vida de Jerry Hall

Jerry Hall, ex-mulher do cantor Mike Jagger, pode ter que devolver o dinheiro que recebeu como antecipação de sua autobiografia, porque o livro não contém detalhes "explosivos" sobre seu relacionamento com o líder dos Rolling Stones. A modelo de 52 anos recebeu 500 mil libras (US$ 754 mil) da editora Harper Collins, metade do estipulado pela publicação. Esperava-se que contasse o lado bom e ruim de seu relacionamento com Jagger, incluindo o affair dele com Carla Bruni, atual mulher do presidente francês, Nicolas Sarkozy. Jerry recebeu 10 milhões de libras (US$ 15 milhões) de Jagger ao se separarem, em 1999.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.