Atores E Atrizes Que Ousam Se Apresentar Sozinhos Sob As Luzes Da Ribalta

SONHO DE UM HOMEM RIDÍCULO: Baseado no conto homônimo de Dostoievski, esse solo de Celso Frateschi volta à cena para celebrar o aniversário de 10 anos do Teatro Ágora.SÓ: O retorno de um homem à sua cidade natal é tema desse comovedor solo do ator João Miguel. Sesc da Av. Paulista.MONÓLOGO DA VELHA APRESENTADORA: Vestido de mulher, Alberto Guzik se vale de sobriedade para valorizar esse texto de Mirisola. Satyros Um.NÃO SOU FELIZ, MAS TENHO MARIDO: Zezé Polessa interpreta mulher que após 27 anos de casada escreve um livro sobre a relação. Teatro Procópio Ferreira.A ALMA IMORAL: Fenômeno, esse solo de Clarice Niskier, sucesso de público sem ser cômico e com tema filosófico, baseado em livro de Nilton Bonder. Teatro Eva Herz.NATUREZA MORTA: O quadro homônimo de Edvard Munch inspirou Mário Viana a escrever esse texto curto e denso. Solo de Anna Cecília Junqueira no Satyros Um.SHIRLEY VALENTINE: Betty Faria dá vida a uma mulher que redescobre o sentido da vida. CCBB.RETRATOS FALANTES: Solos de Alan Bennett com Beatriz Segall, Chris Couto, Clara Carvalho e Brian Penido. Teatro Eva Herz.I LOVE NEIDE: Monólogo cômico dirigido e interpretado por Eduardo Martini. Teatro Corinthians.A CURANDEIRA: Com dramaturgia de Reinaldo Maia, a personagem do título é interpretada por Adriana Fortes e vive os conflitos de seu ofício ao querer eliminar dores da alma. CCSP.ELDORADO: O ator Eduardo Okamoto volta sua pesquisa cênica para os cegos tocadores de rabeca. Teatro Imprensa.PREGO NA TESTA: O ator Hugo Possolo usa seu talento cômico para dar vida a sete personagens. Espaço Parlapatões.TARJA PRETA: O homem na visão do psicanalista Contardo Calligaris e na interpretação de Ricardo Bittencourt. Eva Herz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.