As relações entre política e religião nos EUA

Com lançamento hoje às 19 h, Uma Nação com Alma de Igreja analisa as relações históricas entre religiosidade e política nos EUA. Organizada por Carlos Eduardo Lins da Silva, editor da Revista Política Externa, membro do Grupo de Análise de Conjuntura Internacional da USP e ombudsman do jornal Folha de S.Paulo, a obra reúne seis ensaios, resultado de série de pesquisas feitas no Instituto de Estudos Econômicos e Internacionais (Ieei), no mês passado incorporado à Unesp.No evento haverá uma mesa-redonda para debater o livro e homenagear o escritor e cientista social Gilberto Dupas, morto em fevereiro e autor da introdução da obra, na qual discute as relações entre Deus, religião e capitalismo. Ex-colaborador do Estado, Dupas é o fundador do Ieei. Ele participou das reuniões com os autores dos textos e sugeriu enfoques às pesquisas que depois formariam os artigos de Uma Nação com Alma de Igreja.Além de Carlos Eduardo, participam do debate Celso Lafer, Luis Fernando Ayerbe e Rubens Ricupero. O governador José Serra é o convidado especial.Os ensaios de Uma Nação com Alma de Igreja (Paz e Terra, 229 págs., R$ 36) são assinados por Carlos Eduardo Lins da Silva, Ariel Finguerut, Alessandro Shimabukuro, Paulo José dos Reis Pereira e Luis Fernando Ayerbe. A leitura dos textos mostra como as relações entre política e religião nos EUA têm raízes já na colonização. "É uma situação generalizada", diz Carlos Eduardo Lins da Silva. Os textos abordam o impacto do 11 de Setembro e o papel das correntes religiosas na condução da política externa norte-americana.Segundo o organizador, a eleição de Barack Obama não muda muito, a princípio, as relações entre política e religião, apesar de o tempo ser o melhor juiz das mudanças. Ele diz que o governo Obama promete gastar mais dinheiro em políticas públicas mantidas por entidades religiosas do que o antecessor, George W. Bush, em cujo governo a direita religiosa se fortaleceu. "A diferença com Obama é que os conservadores não terão tanto espaço quanto a esquerda religiosa", afirma Lins da Silva. O lançamento será na Livraria Cultura do Cj. Nacional (Av. Paulista, 2.073, tel. 3170-4033).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.