As produtivas relações de vida e obra na sociologia

Wright Mills (1916-1962) é considerado um dos mais importantes cientistas sociais norte-americanos do século passado. Com suas ideias, ele participou ativamente dos debates públicos. O texto de abertura deste volume - Sobre o Artesanato Intelectual - é uma defesa da tradição das ciências sociais. Nele o autor rejeita a separação entre vida e trabalho e chama a atenção para a possibilidade de enriquecimento mútuo. A perspectiva sociológica é fruto da compreensão sobre a dialética entre biografia e contexto histórico. E a imaginação deve ser aliada a ela. Foram reunidos mais quatro ensaios - O Ideal do Artesanato, O Homem no Centro: O Designer, A Promessa e O Que Significa Ser Um Intelectual.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.