Artesanato com sotaque italiano

MELHOR MASSA

, O Estadao de S.Paulo

02 de dezembro de 2008 | 00h00

Levíssimo, com a textura macia e recheio de personalidade marcante, o gnocchi do chef italiano Salvatore Loi, do Fasano, arrebatou sete votos dos jurados. O prato venceu, facilmente, na categoria melhor massa. Em tamanho maior que o gnocchi comum, ele é recheado com a carne de ossobuco desfiada que dá sabor também ao molho. Um primor.Os outros concorrentes estavam à altura, com massas de preparo artesanal e molhos à base de produtos de qualidade e apresentação caprichada. Saboroso gnocchi de Paulo de Barros, do Due Cuochi, com molho de funghi; agnolotti di barge, recheados com três carnes do Vecchio Torino e servidos com molho sutil; a surpreendente lasagna de bacalhau do Supra, com recheio de legumes e coroada por ovas de esturjão; e a massa de textura impecável do restaurante Picchi, servida com manteiga e sálvia. São provas de que São Paulo é mesmo um bom lugar para comer massa. Onde comerFasano - R. Vittorio Fasano, 88, Jd. Paulista, 3062-4000. Gnocchi com recheio de ossobuco: R$ 77 Due Cuochi - R. Manoel Guedes, 93, Itaim-Bibi, 3078-8092. Gnocchi ao creme de cogumelos: R$ 37Picchi - R. Jerônimo da Veiga, 36, Itaim-Bibi, 3078-9119. Tagliolini al burro e salvia: R$ 45Vecchio Torino - R. Tavares Cabral, 119, Pinheiros, 3816- 0592. Agnolotti di barge: R$ 52Supra - R. Araçari, 260, Itaim-Bibi, 3071-1818. Lasagna de bacalhau: R$ 65OS VOTOS DOS COMILÕESANNA ANGOTTI & DEMIAN TAKAHASHIGnocchi ao creme de cogumelos"Ué? Cadê o azeite trufado que vinha neste prato?", o Demian reclamou. "Mudamos a receita recentemente, mas da próxima vez é só pedir que o pessoal da cozinha coloca", explicou o garçom. O japa ficou aliviado com a promessa, ainda achando o molho leve demais. Mas a idéia é ser leve mesmo. É o gnocchi mais leve da cidade. A bolinha de batata desaparece na boca. Os tomates não deixam a potência dos cogumelos pesar demais. Um daqueles raros pratos que caem bem em qualquer tipo de estômago: embrulhado, faminto, cheio, ressaqueado... Muito difícil sentir falta do azeite trufado. BRAULIO PASMANIKGnocchi com recheio de ossobuco Este prato me pegou de surpresa. Minha primeira reação foi exclamar "encontrei o casamento perfeito para um grande Bordeaux!" Uma explosão de sabores fortes, mas neutros, quando se trata de harmonização com o vinho. Persistente, o molho grosso, quase salgado, com pouco tomate, envolve cada gnocchi, que guarda em seu interior mais pedacinhos de ossobuco desfiado. Um problema que encontro em mesas muito sofisticadas é que, em nome da estética, economiza-se no molho e como resultado, come-se seco. Aqui isso não acontece. JACQUES TREFOISAgnolotti di bargeQue beleza de pasta! O recheio se compõe de três carnes e três verduras diferentes, que dão um sabor agradável. A massa em si é magnífica. O molho à base de Barolo, de verdade, é inebriante. O que sobra de suco se come com pão, para nada deixar no prato. Grande pasta. LUIZ AMÉRICO CAMARGO Gnocchi com recheio de ossobucoSerá que é pesado? É o que todos se perguntam ao ler o nome deste prato no cardápio. E não é, pelo contrário, o gnocchi é delicado e seu recheio de carne bovina é suficiente para dar sabor, sem interferir na leveza. O molho, por sua vez, complementa, sem se sobrepor. E, no fim, você ainda pensa, gulosamente: bem que podiam ter trazido a peça de ossobuco... LUIZ HORTAGnocchi com recheio de ossobucoOssobuco é bom, caldo de ossobuco é ótimo e massa delicada com recheio e caldo de ossobuco é um acontecimento. IGUEL FAZANELLAGnocchi com recheio de ossobucoNão sou de gnocchi, mas este estava diferente: a massa granulada, a forma alongada, ossobuco no recheio, e o molho do ossobuco tão na medida, lembram aquela história do sushi já pincelado no shoyu do Jun Sakamoto. Tudo culminou para um gnocchi memorável. Vou voltar porque a porção é pequena, só estou esperando essa crise dar uma amainada porque o preço é alto. São R$ 76 por um prato, haja bolso. NEIDE RIGOGnocchi ao creme de cogumelosO gnocchi com creme de cogumelos do Due Cuochi chegou bem quente e estava macio, não massudo, com sabor de batatas recém-cozidas. E o único senão do molho é que no fundo do prato restou uma agüinha que escorria do garfo. Digo senão porque a vontade era de não desperdiçar absolutamente nada, de tão bom que estava. PATRÍCIA FERRAZGnocchi com recheio de ossobucoGnocchi levíssimo, quase cremoso, mas com textura firme. Desmanchava na boca. O molho à base do caldo do cozimento do ossobuco estava primoroso, com toques picantes, esbanjava sabor. ROBERTO SMERALDITagliolini al burro e sálviaNa realidade, não se trata de tagliolini e sim de tonnarelli. Mas é uma ótima massa, e tem o mérito de ressaltar a simplicidade de uma boa manteiga e o perfume da sálvia. Agradável e saudável: vale premiar os valores fundamentais da cozinha.ROSA MORAESGnocchi com recheio de ossobucoSalvatore Loi se mantém imbatível com esta receita. A robustez do molho e do recheio de ossobuco se contrapõe de maneira deliciosa com a delicadeza da massa deste gnocchi de batata.SILVIO GIANNINIGnocchi com recheio de ossobucoConfesso que cheguei a pensar, destilando maldade, em punir o chef. Este gnocchi divino, cozido à perfeição, no ponto, invade sua alma com um recheio e molho primorosos de ossobuco, enquanto agride sua razão com uma oferta pífia de unidades. Isso não se faz. Trata-se de verdadeira tortura, principalmente levando-se em conta o preço do prato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.