Aprendiz radical

Reality Universitário: Record quer participantes exaltados

Keila Jimenez, O Estadao de S.Paulo

28 de janeiro de 2009 | 00h00

Rompantes, demissões voluntárias, brigas... A próxima temporada de O Aprendiz, agora com universitários, promete. Tanto o apresentador do programa, Roberto Justus, como o diretor, José Amâncio, esperam uma temporada bem mais passional que as anteriores. Motivo: o fato de os participantes serem jovens e inexperientes."Os outros aprendizes já estavam naquela de armar joguinho, a coisa estava ficando profissional demais", fala José Amâncio, que iniciou as gravações do reality da Record nesta semana. "Os jovens são mais impulsivos, alguns deles disseram que Justus vai ouvir coisas que nunca ouviu na vida", conta o diretor, rindo.Já confinados, 17 dos 18 participantes foram avisados da seleção pelo próprio Justus, pelo telefone. "Muitos pensaram que era trote", conta o apresentador. Uma das vagas já era da ganhadora do game do Aprendiz exibido em dezembro.Desta vez, a atração terá dez mulheres e oito homens, a maioria de estudantes de Comunicação e Marketing.Quiz de conhecimentos gerais e um cruzeiro estão previstos entre provas e prêmios do novo Aprendiz, que estreia em abril.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.