Anima Mundi anuncia os vencedores de 2008

No domingo foram divulgados os vencedores da 16ª edição do Anima Mundi, o festival internacional de animação do Brasil. Em cerimônia realizada no Memorial da América Latina, os diretores do evento - Aida Queiroz, Cesar Coelho, Lea Zagury e Marcos Magalhães -, anunciaram os 21 filmes premiados em 11 categorias em São Paulo e no Rio. Segundo a organização, aproximadamente 90 mil espectadores estiveram presentes nas sessões e oficinas desde o início do festival no dia 11, no Rio.Dossiê Rê Bordosa, de César Cabral, levou quatro prêmios - foi considerada a melhor animação brasileira e o melhor curta-metragem, de acordo com o júri popular, tanto em São Paulo, quanto no Rio. Ganhou também o Prêmio Aquisição Canal Brasil, que ofereceu R$ 10 mil por ter sido eleito o melhor filme brasileiro pelo júri popular.Os longas Princess, de Anders Morgenthaler (Dinamarca), Idiots and Angels, de Bill Plympton (Estados Unidos) e Delgo, de Marc F. Adler & Jason Maurer (EUA), revezaram-se entre os três primeiros lugares na premiação de São Paulo e Rio, ainda segundo o júri popular.Na categoria Anima Mundi Web, a melhor animação foi Common Scents, de Steve Whitehouse (Canadá), na escolha do júri profissional. A lista completa dos vencedores está no site www.animamundi.com.br.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.