Amostra da poética de um homem intempestivo

Ode ao Vento Oeste e Outros Poemas é uma amostra eloquente do trabalho literário do inglês Percy Bysshe Shelley (1792-1822). A obra que dá título a esta coletânea é de 1819 e concentra a inovação poética de Shelley, influenciado pelo romantismo, refratário a qualquer forma de autoritarismo e protagonista de uma vida breve, conturbada e idealista. No poema, ele emprega sequências de imagens vagas e ilusórias, marcadas pelo embate entre razão e emoção, mote frequente de seus trabalhos. Outros textos presentes no volume são A Vitória da Vida, Os Que Vagueiam pelo Mundo e Ozimândias. O tradutor, Péricles Eugênio da Silva Ramos (1919-1992), foi colaborador do Suplemento Literário do Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.