A tragédia humana

Astral

QUIROGA, E-MAIL: astro@o-quiroga.com, O Estadao de S.Paulo

07 Julho 2030 | 00h00

Data estelar: Marte e Saturno estão em quadratura, a Lua é cheia no signo de Aquário. Enquanto isso, aqui na nave Terra em algum momento de sua história evolutiva nossa humanidade perdeu o rumo, perdeu a cabeça, convencendo-se de que deveria desconfiar de seus semelhantes, tratá-los como inimigos, dominá-los para que não perturbassem seus planos individualistas de se empossar no topo do mundo, e de lá escrever as páginas de sua própria tragédia, pois, evidentemente, esse tipo de comportamento nada tem a ver com o que o espírito humano é destinado a ser. A tragédia humana seria normalmente uma comédia, mas a esta altura já perdeu a graça, nenhuma alma minimamente saudável suporta mais o discurso vazio e a atitude insana de existir numa cultura feita de mentiras. A contemplação da verdade dá ânsia de vômito. ÁRIES 21-3 a 20-4 Nenhum ideal se perdeu, mas, com certeza, tornou-se muito mais difícil realizar qualquer um desses, e isso não porque o Universo, sempre gracioso, tenha deixado de prover oportunidades, mas porque as pessoas andam desvairadas e agressivas. TOURO 21-4 a 20-5 O estado de irritação cresce inexoravelmente, e você precisa descobrir quais seriam os alvos que mereceriam realmente a raiva sentida. Seria injusto depositar tal sentimento em pessoas que não têm nada a ver com este. GÊMEOS 21-5 a 20-6 Saber mais é, também, sofrer mais. Nem sempre é assim, mas as informações da atualidade fazem cair por terra uma boa parte daquela realidade que sua alma tinha se convencido de ser estável e harmônica. Ânimo, você supera esta também. CÂNCER 21-6 a 21-7 Você não precisa chegar às raias da autodestruição e só a partir de então começar a fazer as coisas como é devido, corretamente, visando ao bem-estar e felicidade do maior número possível de pessoas. A loucura pode ser evitada. LEÃO 22-7 a 22-8 Confirme todas as informações antes de tomar atitudes concretas baseadas nestas. Lembre-se de que as pessoas disseminam fofocas e maledicências com uma soltura indigna de sua humanidade, nunca assumindo a responsabilidade por isso. VIRGEM 23-8 a 22-9 No momento, ficou muito difícil entender o que realmente acontece e, por isso, muito difícil também tomar as decisões certas. Ante um panorama assim, a indecisão, mesmo desconfortável, acaba sendo terapêutica. Suporte-a. LIBRA 23-9 a 22-10 Você existe no mundo em que o vale-tudo tornou-se a regra geral dos relacionamentos e interesses. Porém, assim andam as coisas, se disseminando velozmente um estado depressivo da alma. Combata tal tendência com boa vontade. ESCORPIÃO 23-10 a 21-11 Os ideais são certos, e a prova mostra-se através do entusiasmo que provocam em sua alma. Contudo, as pessoas que fazem parte do caminho não infundem o mesmo entusiasmo, pondo em dúvida a necessidade de tê-las por perto. SAGITÁRIO 22-11 a 21-12 Fazer o errado com a alma motivada pelas razões certas é agir de uma forma sumamente tortuosa, de um modo que não teria a mínima condição de gerar resultados que beneficiariam alguém. Melhor enfiar o violino no saco e descansar. CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1 A distância entre o ideal e o real às vezes parece insuperável, mas noutras esta se desenha fácil de resolver. Nem um extremo nem o outro devem iludir sua alma, tudo dá trabalho, nada é insuperável, nada é fácil demais. AQUÁRIO 21-1 a 19-2 Outrora, as coisas se acertavam no grito, mas a partir do momento em que todo mundo gritava ao mesmo tempo, esse artifício, em vez de ajudar a consertar, promovia ainda mais caos do que se pretendia superar. E agora? PEIXES 20-2 a 20-3 Assumir as dores do mundo, um comportamento natural e espontâneo de sua natureza, seria uma temeridade no momento atual, dado que as dores deste mundo são grandes demais para uma alma suportá-las. Melhor você ficar na sua.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.