A reunião de dois textos do filósofo da vontade

Fragmentos sobre a História da FilosofiaSchopenhauerMartins Fontes, 196 págs., R$ 34 Nascido em Dantzig, Prússia (atual Polônia), o filósofo Arthur Schopenhauer (1788-1860) representa uma viragem na história da filosofia ocidental. O autor de O Mundo como Vontade e como Representação afirma que o que define o homem não é a razão, mas o querer. Ele aponta o princípio do mundo da vontade e irracionalidade, idéia que diverge de forma radical da tradição ocidental do pensamento. Os dois textos reunidos neste volume - Esboço de uma História da Doutrina do Ideal e do Real e Fragmentos sobre a História da Filosofia - se inserem nessa mudança de perspectiva. Eles fazem parte de Parerga e Paralipomena, obra que alcançou sucesso após sua publicação em 1851, na Alemanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.