A história atualizada da rainha Elizabeth I

A historiadora norte-americana Susan Ronald oferece um retrato atualizado de Elizabeth I, focando sua análise no intrigante instinto de sobrevivência da governante e no intelecto superior, que levaram e sustentaram a rainha no poder. Chamada de "rainha pirata" pelo Vaticano e pelo rei espanhol Philip II, Elizabeth I era temida e admirada por seus inimigos. Extravagante, obcecada e impetuosa, Elizabeth era o modelo de poder. O império britânico foi construído pela rainha sobre uma estratégia cuidadosamente coreografada, que transformou a Inglaterra de um estado pobre na periferia da Europa na estrutura dominante de um reino que iria abranger dois quintos de todo o globo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.