A fascinação mórbida de um labirinto cruel

Guillermo Del Toro, que conclui atualmente o segundo filme da série Hellboy, é um diretor atraído pelo fantástico. Ele realizou A Espinha do Diabo e O Labirinto do Fauno, hoje às 21 horas no HBO, e também produziu O Orfanato, de Juan Antonio Bayona, em cartaz nos cinemas. O Labirinto investiga o imaginário infantil por meio dessa menina que se muda com a mãe para o forte comandado pelo padrasto cruel, durante a Guerra Civil espanhola. A garota descobre nas proximidades um labirinto e, dentro dele, o fauno. Além de magnificamente produzido, o filme reata com a mórbida fascinação de outros grandes filmes espanhóis sobre a imaginação infantil - O Espírito da Colméia, de Victor Erice, e Cria Cuervos, de Carlos Saura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.