A carência afetiva

Data estelar: Vênus e Saturno em conjunção, a Lua continua crescendo no signo de Escorpião. Enquanto isso, aqui na nave Terra é propício que nossa humanidade enfrente a carência afetiva com uma arma mais eficiente do que a comumente usada, que é jogar-se nos braços de qualquer um, sabendo que será um desastre, mas mesmo assim se convencendo de ser melhor um péssimo relacionamento do que relacionamento nenhum. A carência afetiva é uma oportunidade de adquirir maior profundidade nos pensamentos, exorcizando com isso os impulsos que encaminham a péssimos relacionamentos. A carência afetiva não é um monstro que deve ser alimentado com qualquer comida, isto é, relacionamento, mas a oportunidade de focalizar a consciência em outro tipo de necessidades. A carência afetiva é um tempo que precisa ser consagrado a uma atividade melhor. ÁRIES 21-3 a 20-4 A dificuldade que sua alma encontra para lidar com assuntos corriqueiros é diretamente proporcional à vontade de alçar grandes vôos, sendo que, por enquanto, estes continuam impossibilitados por inúmeras circunstâncias adversas. TOURO 21-4 a 20-5 Nem todos os desejos merecem ser satisfeitos, muitos deles conduziriam sua alma a becos sem saída, produzindo dor em vez de prazer. Por isso, passe em revista os desejos que fazem arder seu coração, e organize melhor seu tempo. GÊMEOS 21-5 a 20-6 O Universo é plenitude, é abundância, mas nossa humanidade inventou a carência por aqui, separando o que deveria ficar unido, e distanciando o que, de fato, está próximo. Tudo que contrarie a plenitude é absolutamente artificial. CÂNCER 21-6 a 21-7 Antes de dizer palavras duras e cortantes, medite profundamente sobre os acontecimentos, pois talvez seja melhor silenciar. Todo mundo anda nervoso por causa das limitações impostas pelo momento atual. Para que piorar ainda mais a situação? LEÃO 22-7 a 22-8 Na hora que bate um certo temor a respeito do futuro, é também a hora em que parece mais sensato fechar os cofres e deixar de investir recursos. Nem sempre o que parece mais sensato seria, também, a atitude mais sábia. VIRGEM 23-8 a 22-9 A qualquer momento, você terá de tomar decisões difíceis e, antecipando-se a isso, sua alma busca maior paz e sossego, dado ser impossível compartilhar a essência deste acontecimento com qualquer outra pessoa. LIBRA 23-9 a 22-10 Alguns encontros transformaram-se em desencontros. Porém, a aparente negatividade da situação poderá vir a se tornar benéfica, desde que você não se precipite nem force a aproximação com as pessoas que o destino misteriosamente afasta. ESCORPIÃO 23-10 a 21-11 Você não precisa de simpatia na atualidade, mas de uma mão firme que ajude sua alma a conduzir as coisas pelo caminho da correção. Você não precisa de carinho, que sempre será bom em outros momentos, você agora precisa de firmeza. SAGITÁRIO 22-11 a 21-12 As crises não são agradáveis, mas quando a alma as administra com sabedoria, acaba saindo amadurecida delas, com maior fôlego para continuar se dedicando à luta da vida. Aproveitar as crises não significa passar a gostar delas. CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1 O estreitamento das perspectivas é meramente aparente, pois este representa apenas um momento, o da decisão. Logo depois da decisão ter sido enfrentada, você perceberá que o resultado desta será a nova ampliação das perspectivas. AQUÁRIO 21-1 a 19-2 Nem todas as pessoas são simpáticas logo de cara, mas isso não significa que elas sejam contrárias aos seus interesses, ou que você nunca conseguirá estabelecer um relacionamento produtivo com elas. Este não é um momento propício à simpatia. PEIXES 20-2 a 20-3 Siga pelo caminho imposto pelas obrigações, mas não aquelas do tipo formal, que você reproduz automaticamente sem encontrar sentido nenhum. As verdadeiras obrigações são as que você percebe que produzem benefícios para muitas pessoas.

Oscar Quiroga, O Estadao de S.Paulo

13 Outubro 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.