WERTHER SANTANA/ESTADÃO
WERTHER SANTANA/ESTADÃO

32.ª Bienal de São Paulo ocorrerá entre 10 de setembro e 11 de dezembro de 2016

Foram anunciadas as datas da próxima edição da mostra, que tem curadoria do alemão Jochen Volz

O Estado de S. Paulo

26 de maio de 2015 | 15h55

A 32.ª Bienal de São Paulo, em 2016, já tem suas datas anunciadas - a edição está marcada para ser inaugurada para o público em 10 de setembro e seu encerramento será em 11 de dezembro. Sob o título provisório de Medidas da Incerteza, a mostra tem curadoria do alemão Jochen Volz. Segundo a Fundação Bienal de São Paulo, o preview da exposição para a imprensa ocorrerá em 5 de setembro de 2016.

Em dezembro de 2014, o presidente da instituição, Luis Terepins, anunciou Jochen Volz como curador da edição. Desde então, o historiador, que já foi diretor artístico do Instituto Inhotim, em Minas Gerais, entre 2005 e 2012, vem se dedicando ao projeto da 32.ª Bienal de São Paulo. Em fevereiro, o alemão apresentou os cocuradores de sua equipe: a brasileira Júlia Rebouças, a sul-africana Gabi Ngcobo e o dinamarquês Lars Bang Larsen.    

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.