As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mamma Mia!, enfim

Ubiratan Brasil

22 de novembro de 2010 | 17h02

A estreia do Mamma Mia! brasileiro aconteceu e acho que merece um registro aqui, pois muito falei da montagem americana. Como previ, a brasileira não fica nada a dever. Muito pelo contrario, ganha em muitos aspectos da original. A começar pela nossa Donna – Kiara Sasso provavelmente vive seu melhor momento profissional. Se no começo soa um tanto estranho ela ter uma filha com idade pròxima, isso logo se esquece quando se ouve Kiara cantar e ainda representar.

Creio que, se existe alguma regra para se representar em musicais, ela é personificada por Kiara. Afinal, o canto é afiadissimo e na medida exata de emoção, a interpretação atinge momentos certeiros de humor e drama, a condução da trama não sofre nenhuma interrupção. Esse é certamente o melhor momento de Kiara, comparavel ao da maravilhosa Totia Meireles e sua inesquecivel atuação em Gypsy. Se se precisasse de apenas um motivo para se ver Mama Mia!, basta a maravilhosa interpretação de Kiara Sasso.

O restante do elenco não decepciona, ainda que existam altos e baixos. Saulo Vasconcelos, como esperado, transforma qualquer canção em bela interpretação. O mesmo se pode dizer da coreografia muito bem realizada pelo elenco de apoio. Na verdade, o final de Mama Mia!  é uma verdadeira catarse, algo excepcional para quem gosta de musicais. Mesmo quem conhece o filme ou mesmo viu a montagem da Broadway precisa ir ao Teatro Abril. Nem que seja apenas por Kiara Sasso. Vale o ingresso.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: