Elenco do musical ‘O Fantasma da Ópera’ divulga nota de agravo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Elenco do musical ‘O Fantasma da Ópera’ divulga nota de agravo

Ubiratan Brasil

02 de março de 2019 | 20h04

Uma grande parte do elenco do musical O Fantasma da Ópera divulgou, no sábado, 2, uma nota de agravo em que atores, cantores e bailarinos do espetáculo declaram repúdio ao vazamento de gravações que foram divulgadas no dia anterior.

“O vazamento e a utilização midiática da gravação de reuniões de elenco com a nossa Diretoria, sem a anuência de todas as partes envolvidas, assim como a distorção de parte dos fatos, é crime e serão tomadas todas as justas providências legais para a devida retratação”, diz a nota, assinada por “Elenco de O Fantasma da Ópera”.

Parte do elenco do musical ‘O Fantasma da Ópera’. Foto Facebook/Sandro Christopher

O problema surgiu há três semanas, quando começaram a circular pelas redes sociais notícias sobre problemas trabalhistas envolvendo alguns profissionais do espetáculo. Tudo começou quando o Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos e Diversões do Estado de São Paulo (Sated) recebeu uma denúncia de que haveria abusos trabalhistas na produção, como profissionais sem o devido registro, não aceitação de atestados médicos em caso de falta e até de assédio moral. As acusações foram feitas pelo grupo Atores Unidos, criado há dois anos para defender direitos trabalhistas da classe artística.

Representantes do Sated foram ao Teatro Renault, mas não conversaram com produtores da Time For Fun, responsável pelo Fantasma. A empresa, no entanto, rebateu todas as críticas, no que teve apoio de boa parte do elenco do espetáculo. A situação se agravou quando, no sábado, foram noticiadas gravações ilícitas de conversas entre produção e artistas. “Tivemos duas reuniões, mas em nenhum momento foi autorizada a gravação e, muito menos, a divulgação desse encontro reservado”, disse o ator Sandro Christopher que, na profusão de notícias falsas, foi dado como demitido.

O impasse motivou a reação de outros produtores, como Renata Borges Pimenta, da Touché Entretenimento (de Peter Pan, entre outros). “Problemas acontecem todos os dias, especialmente em longas temporadas, mas nada que justifique denúncias como essa contra empresas que empregam artistas por quase dois anos”, disse.

Leia a íntegra da nota de agravo:

O Elenco de Atores, Cantores e Bailarinos do musical “O Fantasma da Ópera”, após reunião presidida e formada apenas pelos membros do referido elenco, vem a público declarar seu total repúdio ao vazamento de gravações que fomentaram as reportagens do dia 01 de março desse ano em renomados periódicos de veiculação nacional. O vazamento e a utilização midiática da gravação de reuniões de elenco com a nossa Diretoria, sem a anuência de todas as partes envolvidas, assim como a distorção de parte dos fatos, é crime e serão tomadas todas as justas providências legais para a devida retratação.

O Elenco e a Diretoria do musical em questão estão em franca negociação para a busca de melhorias do ambiente e das condições de trabalho, e grande parte de nossas reivindicações se transformaram em tomadas de ações imediatas no sentido de adequar as nossas necessidades ao que é justo e possível dentro da realidade desse Espetáculo em especial.

O Elenco deixa claro, também, que as ações da Representação da Classe em busca de acordos coletivos e a implantação e controle de regulamentação para a atividade artística e como deve se dar a relação com os Empregadores/Produção é justa, necessária e apoiada por todos nós.

Gratos

Elenco de “O Fantasma da Ópera”