As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Adélia Prado vem aí

Ubiratan Brasil

22 de janeiro de 2011 | 17h56

Para quem ainda não sabe, anote na agenda: na quarta-feira, dia 26, a escritora mineira Adélia Prado estará na Livraria Cultura do shopping Bourbon, a partir das 19h30. Ela vai ler poemas de seu recente livro “A Duração do Dia” (premiado pela Associação Paulista dos Críticos de Arte) e, em seguida, autografar os exemplares dos fãs que, certamente, vão lotar o ambiente.

É impressionante o poder de atração de Adélia. Ela atrai pequenas multidões, fascinadas pela sua conversa franca sobre a condição da mulher e a religiosidade. Na Flip, há alguns anos, ela se tornou um marco por ficar horas dando autógrafo. E não era raro ver gente chorando de emoção. No ano passado, no Fórum das Letras de Ouro Preto, ela conseguiu a proeza de lotar o auditório durante sua palestra, um feito pois nenhum outro autor conseguiu o mesmo.

“Poesia sem dor, suor e sofrimento é estéril”, disse ela, apresentando aí um dos segredos de sua criação. Ela escreve para manter um diálogo com Deus – em seus versos, estabelece-se uma ponte com a transcendência e uma crença na perenidade da carne e na eternidade da alma. Preparem-se, portanto, para receber Adélia, nossa poeta maior.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: