As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Street Food’ mostra tradição asiática da comida de rua

‘Street Food’ tem a assinatura dos mesmos criadores de ‘Chef’s Table’, também da Netflix, mas a receita é diferente

Pedro Venceslau

13 de maio de 2019 | 12h06

Inserida recentemente no cardápio da Netflix, a série documental ‘Street Food’ apresenta o lado popular da alta gastronomia. Em vez de restaurantes sofisticados com pratos caros e vinhos fora de séria, o teatro de operações dos chefs são calçadas esfumaçadas ou pequenos estabelecimentos em zonas populares. As opções vão de pratos fumegantes a frutos do mar minimalistas.

‘Street Food’ tem a assinatura dos mesmos criadores de ‘Chef’s Table’, também da Netflix, mas a receita é diferente. A série é uma road trip pela Ásia, um continente que cultua a comida de rua.

Em busca pérolas culinárias, os produtores passaram por Bangkoq (Tailândia), Osaka (Japão), Déli (Índia), Yogyakarta (Indonésia), Chiayi (Taiwan) Seul (Coreia do Sul), Ho Chi Min (Vietnã), Singapura e Cebu (Filipnas).Cada parada é um capítulo e cada capítulo uma profusão de sabores que leva o público a uma imersão na cultura local.

Em todos esses lugares a comida de rua é uma tradição que passa de pai de filho. Logo no primeiro episódio conhecemos a cheff Jay Fai em seu pequeno restaurante encravados em rua caótica de Bangkok.

Logo na entrada uma placa avisa: “O tempo de espera não é garantido. Desculpe”. Quem passa por ali nem imagina o estabelecimento entrou no guia Michelin e que sua dona é uma das chefs mais premiadas da Ásia.

“Ninguém vem aqui pelo ambiente”, reconhece Jay Fai. Seu prato de trabalho é uma receita de família que cruzou gerações: o tom yum. Trata-se de uma belíssima sopa com camarões suculentos e ervas frescas.

O tempero é uma mistura de picante, salgado e azedo. Outro especialidade da casa é uma omelete de carangueijo. Tudo preparado na rua em frente a uma salão apertado que fica apinhado de gente.

No mesmo episódio de estreia conhecemos na capital tailandesa o cheff Khun Sumeth que apresenta uma massa de ovos feita à mão com patas de carangueijo. Um espetáculo. Em seguida a série se move para outra região da cidade onde fica o mais famoso cheff de curry da Ásia: Jek Pui.

Há 70 anos no mesmo lugar, ele oferece receitas de família com curry e curry verde. Protagonista, o ingrediente é servido com almôndegas, porco ou galinha. Tudo com muito alho e pimenta. O cheiro do prato faz que se forme diariamente uma fila enorme. Os clientes comem de pé.

Já em Osaka, no Japão, a pedida é um prato frio: sashimi peixes da estação cortados delicadamente, ovas, sushis e patas de carangueijo, um clássico asiático. Impossível não sair faminto depois de cada capítulo de ‘Street Food’

Tendências: