As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Os 10 piores momentos de ‘O Mecanismo 2’

A segunda temporada da série 'O Mecanismo' deixou o público confuso em algumas cenas, e desconfortável em outras. O blog selecionou os piores momentos. (Contém spoiler)   

Pedro Venceslau

17 de maio de 2019 | 14h53

A segunda temporada da série ‘O Mecanismo’ deixou o público confuso em algumas cenas, e desconfortável em outras. O blog selecionou os piores momentos. (Contém spoiler)

1 – Sem nenhuma pista, o delegado Marco Rufo (Selton Melo) pega o carro do amigo e vai atrás do doleiro Roberto Ibrahim (Enrique Diaz) no Paraguai. Após cruzar a fronteira, sai perguntando onde estão os contrabandistas de cigarros. Em um piscar de olhos ele descobre onde está o meliante e monta campana.

2 – Apesar de não ter dinheiro nem para pagar o aluguel, Rufo sai gastando no Paraguai como se não houvesse amanhã. Ele compra até uma arma e uma moto.

3 – E por falar em Rufo: Selton Melo precisa mesmo falar sussurrando daquele jeito?

4 – Na primeira temporada da série a Polícia Federal foi chamada de Polícia Federativa, mas na segunda misturaram tudo. Em alguns momentos os agentes usam o colete com o nome fictício, em outros aparece o nome real. Quem assiste fica confuso.

5 – Os produtores também mudaram de ideia sobre o nome dos partidos políticos. Por precaução, usaram nomes fantasia na temporada anterior. O PT, por exemplo, chamava PO (Partido Operário). Já na atual temporada, os nomes verdadeiros entraram em cena: PT, PSDB, PMDB são esculhambados nominalmente.

6 – “O STF tem que estancar essa sangria” . A célebre frase do ex-senador Romero Jucá, presidente do MDB, apareceu na boca de Lula no primeiro episódio e de Aécio Neves no segundo.

7 – O ex-presidente Michel Temer aparece barrigudo e tomando muito whisky enquanto conspira contra Dilma Rousseff. Em uma conversa com Eduardo Cunha e Aécio diz que vai “decapitar” a presidente “de uma vez”. Difícil imaginar o litúrgico Temer dizendo algo assim.

8 – Na mesma conversa, Aécio Neves explica de forma didática para Temer: “Depois dela, vem você na sucessão”. Será o vice presidente não sabia disso?. “O Tames tem cara e jeito de babaca, mas burro ele não é”, disse o ex-delegado Marco Rufo (Selton Melo)

9 – Depois de arquitetar um plano diabólico para derrubar Dilma Rousseff usando o “subterfúgio” das pedaladas fiscais, Aécio diz que conhece alguém que pode pedir o impeachment com base nesse argumento. Na vida real, o pedido foi assinado por dois juristas: o ex-ministro da Justiça, Miguel Reale Jr, e a hoje deputada Janaína Paschoal. O que eles acharam disso?

10 – Lúcio Lemes, o senador que faz o papel de Aécio, aparece cheirando cocaína no banheiro do hotel em uma das cenas.

 

Tudo o que sabemos sobre:

O mecanismosérieSelton Melo

Tendências: