Game of Thrones faz a festa da pirataria
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Game of Thrones faz a festa da pirataria

Último episódio da série ficou em quarto lugar no ranking da pirataria mundial

Pedro Venceslau

11 de maio de 2015 | 19h24

game-of-thrones-kill-the-boy-134417

Não se fala em outra coisa na esquina da Avenida Paulista com a Pamplona, onde está localizado o “templo” da pirataria em São Paulo: a atual temporada da série “Game of Thrones” é um sucesso no mercado negro. Nas cinco lojinhas de DVDs ilegais instaladas no local (que fica quase ao lado Federação das Indústrias de São Paulo (FIESP)) o movimento é intenso às segundas-feiras. Os novos episódios são exibidos no Brasil pelo canal HBO no domingo às 22hs. Os “piratas” são ágeis e logo na manhã do dia seguinte os DVDs estão prontos para o consumo.

Para não dar bandeira, os compradores recebem sacolinhas plásticas pretas iguais aquelas que, no passado, serviam para esconder as revistas de mulher pelada. Os vendedores são unânimes em dizer que a série de realismo fantástico, política e fantasia baseada nos livros de George R.R Martin são imbatíveis. Mal chegam e já esgotam. E olha que esse mercado está em crise. Assim como as locadora, os DVDs piratas estão obsoletos. De qualquer forma, a revista “Variety” informou hoje que o Brasil ficou em quarto lugar no ranking da pirataria dos mais recente episódio. Com 113.614 downloads perdeu apenas para a Austrália (167.301) e Estados Unidos (214.468).

 

Tudo o que sabemos sobre:

game of throneshbo

Tendências: